Israel não é perfeito, mas…

Israel não é um país perfeito, e onde quer que eu vá existem pessoas para me lembrar isso. Basta assistir durante uma semana as notícias na televisão pra entender que em Israel tem pobreza, tem pessoas passando fome, tem corrupção no governo, tem crimes hediondos, e que assim como em todo resto do mundo o custo de vida está aumentando e o salário da população diminuindo.

Mas sabe o que é o mais impressionante de tudo isso? Que eu, como brasileira recém chegada, não consigo enxergar a gravidade da situação. Pra mim todos os assuntos citados acima me parecem existir em escala muito menor do que no Brasil e portanto sempre sinto que aqui é muito melhor.

criancas com bandeira de israel

Semana passada fomos dar uma volta pelo bairro e minhas filhas pararam para brincar com a cachorrinha do cabeleireiro que estava presa na porta do salão. Em uma conversa rápida ele perguntou de onde éramos e em seguida começou a falar como a vida em Israel está difícil e como ele tem vontade de mudar de país. Falou que aqui se trabalha muito e se ganha pouco e que a vida está muito cara. Escuto esse tipo de conversa em vários lugares que vou e percebo que existe no povo israelense uma enorme vontade de ir embora, em busca de um mundo melhor.

Bom, para todos esses que querem ir embora, eu não recomendaria o Brasil como país de destino. Após uma análise de quase 7 meses não foi difícil concluir que para quem tem como parâmetro de comparação a vida da classe média em São Paulo, Israel é quase que um paraíso. Aqui o salário mínimo é mais alto do que no Brasil e o custo de vida é mais barato, temos direito a escola e saúde pública e não pagamos quase nada por isso, podemos sair na rua de noite sem medo de sermos assaltados e não precisamos lembrar de fechar as janelas do carro a cada viagem, as crianças tem uma vida mais livre e os senhores da terceira idade usufruem de atividades semanais por preços justos.

Não, não estou tentando me enganar e nem enganar os leitores. Israel não é o lugar perfeito. Aqui as pessoas também estudam e trabalham muito para garantir um futuro melhor para seus filhos. Aqui também economizamos para que sobre um dinheirinho extra no final do mês, aqui também é necessário que esposa e marido saiam para trabalhar a fim de sustentar a casa e, claro, as riquezas se concentram apenas entre a minoria.

Mas, como paulista que passou da classe alta para a classe média durante os últimos dez anos, tenho certeza que em Israel minha qualidade de vida é muito maior. Vejo mais futuro para minhas filhas e melhores chances de meu marido fazer uma carreira. Sei que estamos apenas no início do caminho, mas tenho a certeza que mesmo sendo difícil, em Israel é tudo muito melhor.

lumi.suzana@gmail.com

One thought on “Israel não é perfeito, mas…

  1. Que post lindo, Lu. Bom saber que vc está bem com a decisão que tomou. Que seja só o começo de um caminho de realizações e alegrias, B”H. Beijos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s